logo
estudando

seta Divisão hidrográfica do Brasil

O Brasil foi dividido em 12 regiões hidrográficas, pelo Conselho Nacional de Recursos Hídricos, baseado na Resolução No. 32, de 15 de outubro de 2003. O objetivo é facilitar, a partir de uma base física-territorial, a implementação de um sistema de gerenciamento de recursos hídricos no país.

A divisão leva em consideração as diversidades ambientais, sociais e econômicas do País, facilitando a participação coletiva, a integração e a sistematização de dados. Essas medidas estão previstas na Lei 9.433/97, que define a bacia hidrográfica como unidade territorial para a implementação da Política Nacional dos Recursos Hídricos.

Das 12 regiões hidrográficas, a Atlântico Sudeste é uma das mais preocupantes devido à concentração populacional e atividades econômicas, com amplos e diversificados parques industriais. Apesar de desenvolvida, a Região tem grandes possibilidades de conflitos pelo uso da água devido à uma contradição: apresenta uma das maiores demandas hídricas do país, mas proporcionalmente apresenta uma das menores ofertas desses recursos.

Bacias brasileiras

Com 229.972 km2, a Região Hidrográfica Atlântico Sudeste equivale a 2,7% do território brasileiro, tendo como maiores rios o Paraíba do Sul, de 1.150 km, e o Doce, de 853 km. Também formam essa região os rios São Mateus, Santa Maria, Jucu, Reis Magos, Benevente, Itabapoana, Itapemirim, Ribeira e Litorais do Rio de Janeiro e de São Paulo.